blog-sol

E a escuridão vai dando lugar a luz

Posted on Posted in Reflexões

“… pois as trevas vão passando e já brilha a verdadeira luz.”

(1 João 2:8)

Em 1 João, lemos repetidas vezes a palavra “luz”: “estar na luz”, “andar na luz”, “permanecer na luz”, ” a verdadeira luz”. Jesus é esta luz da qual João fala tantas vezes em sua primeira carta. Mas por que João insiste em nos apresentar o Cristo como “luz”? A resposta é: porque nós caminhamos nas trevas.

Ainda que um dia Jesus tenha nos tirado do reino das trevas e nos levado para o reino de sua maravilhosa luz (1 Pedro 2.9), enquanto estivermos em vida aqui, ainda caminhamos em meio as trevas deste mundo de dores. O que Pedro diz nesta passagem é que fomos feitos livres do pecado, e comprados para um futuro glorioso, onde somente haverá dia, e a noite não mais existirá. Por mais que tenhamos bens, coisas boas aqui na terra, e pequenos raios de luz, ainda não conhecemos o bem maior, a verdadeira luz, luz que brilhará no dia da volta de Cristo, luz que é o próprio Cristo. E somente neste dia contemplaremos a verdadeira luz.

Quão bonito é quando nas horas finais da madrugada, as sombras vão indo embora, e o brilho das estrelas é ofuscado pelo raiar da intensa luz do sol, e esta luz se espalha sobre tudo e todos. Paul Washer disse certa vez em uma pregação que durante o dia as estrelas ainda estão no mesmo lugar de sempre, nós não as vemos mais, porque durante o dia há tanta luz, que elas são ofuscadas pelo sol. Que bela verdade!

E assim será no dia de Cristo. Ele, a verdadeira luz, dissipará toda escuridão. Do mundo, dos nossos corações e das nossas almas. Que Deus nos conceda graça para que em meio ao vale escuro, possamos nos levantar e andar em direção a Ele, a verdadeira claridade. Não importa quão profunda seja a escuridão, vivamos com esperança! Pois um dia, a escuridão dará lugar a luz.

          “como ousarão os mortais pecaminosos,
           cantar a tua graça e tua glória?
           sob os teus pés nos prostramos, distantes,
           e vemos apenas vislumbres da luz da tua face.” (Isaac Watts)

“não haverá mais noite, e não precisarão de luz de lâmpada nem do sol, porque o senhor Deus os iluminará, e eles reinarão pelos séculos dos séculos.” (Apocalipse 22.5)

Creiamos nisto com a nossa vida.
No amor d’Aquele que é bem mais que o sol,
Tiago Gonçalves